Pendura na parede

Em casa, sempre que minha mãe dizia que um prato de comida estava lindo, inevitavelmente ouvia-o dizer: tira uma foto e pendura na parede! Claro, era uma ironia, um jeito meio único dele elogiar e tirar o sarro ao mesmo tempo. Estilo de ser que só funciona com quem nasceu ouvindo e aprendeu a pensar assim. Tem gente que se machuca. Tem gente que acha maldade. Tem gente que chora de rir. Eu acho normal, inteligente e bem humorado. Mas eu também sou assim. Porque, no que posso, tento imitá-lo, consciente ou inconscientemente.

E, como ele, gosto de fotografia. Não tenho o mesmo cuidado, a mesma paciência para regular a máquina. Mas sinto saudades dos filmes de rolo, de passar a tarde limpando as lentes da Yashica, da emoção de receber as fotos reveladas.

Por isso também adoro descobrir bons fotógrafos na internet. O Flickr está cheio deles! Aqui no Cabana tenho valorizado os que se especializaram em retratar gastronomia e ambientes. Veja só o trabalho desses caras e visite os sites deles. Valem muito a pena. Um prazer!


No café da manhã, Bill Brady


Para beliscar antes do almoço, Michael Ray


Primeiro prato, Michael Ray


Segundo prato, Lou Manna


Sobremesa, Lou Manna


Lanchinho da tarde, James Carrière

2 comentários sobre “Pendura na parede

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s